Pensamento do Dia:

sábado, 2 de abril de 2011

Nós testamos aplique de cabelo com fios humanos

Publicada em 01/04/2011 às 09h00m

O cabelo depois de receber o aplique de fios humanos/ Foto: Divulgação
RIO - Sempre que é para fazer um test-drive com cabelos me sinto a mais orgânica das mulheres: recuso tudo o que leva química. Não mexo na cor porque depois não dá para voltar atrás e fujo das escovas progressivas porque já vi amiga ficar com o cabelo muito pior do que era. Também não ando testando cortes porque me tornei fiel à tesoura do meu cabeleireiro. Mas fui com um sorriso do canto ao outro da boca testar um aplique feito com fios humanos do estúdio JakBell, em Copacabana, e saí mais feliz ainda. O resultado ficou lindo e ninguém - mulheres, marido, mães, irmãs, comadres - sabia dizer o que tinha acontecido comigo. Só repetiam que o cabelo estava ótimo e lindo (ou seja, perfeito no quesito naturalidade, coisa que prezo). No item praticidade, outro que tenho na mais alta conta, também foi perfeito: sem precisar de grampos nem da ajuda de ninguém, consegui encaixar um pouco acima de onde começa a testa o singelo fio de nylon (ajustável ao diâmetro da cabeça) que sustenta o aplique em menos de cinco minutos.
O aplique, no meu caso, foi feito para dar mais volume nas pontas do cabelo, que já estavam sem corte e muito desarrumadas. Para sair à noite - festa, jantares, casamentos - é uma solução rápida, prática e perfeita. O cabelo está sempre lindo, escovado, cheio de brilho sem uma única ida ao salão. Mas também adorei saber que é uma ótima opção para pessoas que têm pouco cabelo ou ele é ralo demais, e para aquelas que são submetidas a tratamentos que provocam a queda.
O cabelo antes do procedimento/ Foto: Divulgação
Quem analisou os meus fios foi Hélcio Fiszpan, neto de Hercko Fiszpan, que trouxe para o Brasil técnicas mais refinadas de confecção de perucas, e filho de Jakob Fiszpan, também artesão de madeixas. Hélcio analisou a cor do meu cabelo, a ondulação e o comprimento dos fios. Além de anotar as características, cortou um chumaço de uma parte mais interna (imperceptível, garanto!) para servir de base para a busca dos fios perfeitos para montar o aplique e ainda fez uma foto para se lembrar da cor.
Depois, a equipe de Hélcio fez uma pesquisa no banco de cabelos do JakBell para encontrar aquele mais próximo do meu. A etapa seguinte é a montagem do aplique, numa espécie de laboratório onde costureiras superespecializadas trabalham com cabeças de manequins para dar formato à tela onde depois vão costurar pequenos tufos - à mão ou à máquina - até a montagem completa. Cerca de 15 a 20 dias depois o aplique está pronto.
Fiquei muito impressionada com o fato de todos os fios serem humanos (e virgens, isto é, nunca são reaproveitados) e de como cada construção de aplique é feita de modo artesanal. É quase como uma costura fio por fio. Acredito que o resultado acabe sendo tão natural e perfeito por isso. E é claro que esse cuidado todo acaba encarecendo o produto.


Aplique de cabelo de fios humanos/ Foto: Divulgação
O meu aplique, bem trabalhoso devido a particularidades da cor natural do meu cabelo e da sua textura, sai por cerca de R$ 4 mil, com 31 centímetros de comprimento. Há, no entanto, outros na faixa de R$ 2 mil. E até alguns já prontos, como rabos de cavalo incríveis para usar na hora de ir a uma festa, com 40 centímetros, por R$ 1.200. Pensando que é um produto para durar a vida toda - o aplique exige alguns cuidados na sua conservação: deve ser guardado numa caixa, precisa ser lavado e até hidratado artificialmente uma vez a cada dois meses e pode ser reformado -, por que não ter mais de um?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário

PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE MEGA HAIR:

Qualquer pessoa pode usar um Mega Hair?
Sim. O aplique de mega hair se adapta a qualquer tipo de cabelo, seja crespos, lisos, ondulados ou rebeldes.

Quais os métodos para a aplicação do Mega Hair?
Os fios artificiais podem ser colocados, costurados ou entrelaçados nos fios naturais. Já alguns tipos de apliques são cabelos artificiais costurados em uma tela que é fixada na cabeça com grampos e que pode ser retirada a qualquer momento. Outra técnica para alongar os cabelos, conhecido em muitos salões como safe hair, une a amarração do entrelaçamento ao tipo de cola usado no mega hair.

MANTER OS FIOS BONITOS DURANTE O USO DO MEGA HAIR

Para manter os fios bonitos, não dormir com os cabelos molhados, lavar com shampoo sem sal e de qualidade, hidratar e condicionar devidamente, usar um bom creme finalizador se preciso.

Quanto tempo eu posso ficar com o Mega Hair?
Depende de quanto seu cabelo natural cresce e de como você cuida do seu Mega Hair.

Posso usar secador usando Mega Hair?
Você pode secá-los com o secador caso deseje ou prefira, mas atente para a temperatura utilizada e procure não direcionar o calor diretamente para as emendas de queratina. Você pode fazer uma escova com cuidado. O mesmo cuidado deve ser tomado com a pranchinha no alisamento do cabelo: nunca passar por cima das emendas de queratina com a superfície quente da mesma.

Posso prender os cabelos usando Mega Hair?
Tenha cuidado ao prender o seu cabelo com Mega Hair, prefira elásticos encapados com tecido e cuide ao prendê-lo com piranhas, presilhas, tic tacs e afins, pois os mesmos podem engatar na parte anterior das mechas, acima das emendas de queratina, pois pode enganchar, provocando a queda das mesmas.

Como é feita a manutenção do Mega Hair?
Deve ser feita periodicamente. A cada dois ou três meses é necessário retornar ao salão para tratar dos fios, repor o volume ou fazer a coloração novamente.

QUALQUER DÚVIDA, ENTRE EM CONTATO E COMENTE.

RAIANY MEGA HAIR

(a melhor forma de mudar o visual)

raianymegahair@gmail.com

DICAS PARA MANTER A QUALIDADE DOS SEUS CABELOS: Os cabelos compreendem parte significativa na composição da beleza. Muitos o chamam de moldura do rosto e por isso ele precisa ser bem tratado. Cada tipo pede um procedimento específico de cuidados para que o indivíduo apresente uma aparência saudável e bonita. Mas os costumes difundidos pelo senso comum, algumas vezes equivocados, acabam colocando o potencial de beleza dos cabelos em xeque. Para resolver as principais dúvidas sobre a boa conservação das madeixas, veja abaixo o que os especialistas costumam orientar:

Temperatura da água para lavagem: água fria é benéfica porque mantém a cutícula dos fios fechada, aumentando o brilho e facilitando o penteado. Um bom truque é fazer o último enxágue com água fria. Se você morre de frio, lave os cabelos com água morna. Quente nunca, ela enfraquece e resseca os fios.

Frequencia de lavagem: se o seu temor é a queda dos cabelos, esqueça. É a oleosidade excessiva que favorece a queda. Lavar todo dia ajuda a remover a oleosidade. Quem faz ginástica ou sua muito pode lavar os cabelos sem medo. E também usar condicionador. Ele não prejudica os fios. Apenas, desembaraça-os.

Cortar as pontas não fortalalece os fios: a crença de que tirar as pontas fortalece o cabelo é um mito bastante difundido. Normalmente, cortar as pontas melhora a aparência do cabelo, mas não lhe confere saúde. Os fios crescem da raiz em direção à ponta e não o contrário.

Uso de xampus antiresíduos: eles servem para eliminar resíduos deixados por produtos como tinturas, finalizadores, que vão se acumulando nos fios. O xampu anti-resíduo costuma ressecar o cabelo. Portanto, não deve ser usado mais do que uma vez ao mês.

Como eliminar a caspa: ela nada mais é do que descamação do couro cabeludo. E isso pode ser provocado por uma série de motivos: de estresse a disfunções hormonais. Para combater com eficiência o problema é preciso conhecer a sua origem. O melhor, portanto, é consultar um dermatologista.

Troca de xampu depois de algum tempo de uso: o senso comum diz que o cabelo se “acostuma” ao xampu e ele perde a eficácia. Isso não é verdade. O que acontece é que alguns xampus deixam mais resíduos do que outros. Resultado: o cabelo fica oleoso. Nesse caso, realmente é melhor trocar de marca. O estado dos fios também muda de acordo com as condições ambientais: poluição, qualidade da água, entre outros, e do próprio organismo. Então, aquele xampu que funcionava maravilhosamente já não confere um resultado tão bom. Mude.

Tamanho do cabelo: conforme vai ficando grande, o cabelo tende a formar pontas duplas e pede cuidados especiais na hora de pentear. Para evitar pontas duplas, é necessário apará-lo de dois em dois meses. Fios longos estão muito mais sujeitos a quebras durante escovação ou penteado. Ao desembaraçar os cabelos molhados, use um pente de dentes largos, jamais a escova.

QUALQUER DÚVIDA, ENTRE EM CONTATO E COMENTE.

RAIANY MEGA HAIR

(a melhor forma de mudar o visual)

raianymegahair@gmail.com


DICAS PARA UMA ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL: Se você deseja emagrecer, não sabe por onde começar e pretende partir para o "tudo ou nada", espere um pouco e reflita. Será que vale a pena arriscar a sua saúde para ficar magro rapidamente? Pense bem, será que não é hora de adotar uma alimentação saudável? O nosso corpo, quando entra em uma alta restrição alimentar, não entende o que está acontecendo. Ele não sabe distinguir se a deficiência energética é porque desejamos ter um corpo mais bonito ou se esperamos ficar mais saudáveis. Imagine-se no deserto, onde há pouca comida, pouca água. O que acontecerá quando encontrar alimento e bebida? Você sentirá vontade de devorar o mundo e comer tudo que vê pela frente, não é verdade? Nada mais natural, já que o nosso organismo entende que devemos nos preparar para a próxima restrição, armazenando uma parte do que ingerimos, o que dificulta o emagrecimento. O que isso significa? Que altas restrições alimentares não são boas para você, definitivamente não é alimentação saudável e não irá ajudá-lo a eliminar peso com saúde e muito menos o ajudará no período de manutenção. (Veja como eliminar peso com saúde. Faça uma avaliação de peso!) Então, esqueça o "tudo ou nada" e siga as próximas 60 dicas para que possa ter uma alimentação saudável e uma vida melhor.

1. Evite dietas milagrosas em que há uma grande eliminação de peso em um curto período de tempo.
2. Não faça uma alimentação baseada em um único tipo de alimento ou nutriente.
3. Mesmo tendo exagerado nos dias anteriores, faça, pelo menos, 5 refeições por dia.
4. Pequenos lanches entre as refeições principais irão evitar a vontade de devorar o primeiro prato que encontrar pela frente.
5. Não belisque entre as refeições.
6. Esqueça dos snacks (salgadinhos) e da bolacha recheada.
7. Deixe na gaveta do escritório barrinha de cereais, bolacha integral (ingira, no máximo, 3 unidades).
8. Frutas e iogurtes light são excelentes lanches.
9. Se tiver vontade de comer um doce, coma-o. Mas lembre-se: somente um pedaço ou unidade. Isso é melhor do que devorar uma caixa de bombom no final do dia.
10. Comece sempre a refeição com um caprichado prato de saladas.
11. Evite o uso de óleos para temperar as saladas. Use vinagre ou suco de limão.
12. Macarrão é permitido, mas cuidado com o molho.
13. Molho branco, quatro queijos, bolonhesa são muito mais calóricos quando comparados com o ao sugo. Portanto, não abuse!
14. Não repita a refeição.
15. Evite beber refrigerantes, mesmo os light ou diet.
16. Evite água gaseificada. Bebidas com gás dilatam o estômago dando uma falsa sensação de saciedade.
17. Bebidas isotônicas devem ser evitadas. São calóricas e, para não atletas, a água ainda é o melhor hidratante.
18. Prefira sucos naturais.
19. Utilize adoçante nos sucos e no cafezinho.
20. Beba, no máximo, 4 xícaras pequenas de café por dia.
21. Ingira bastante água durante o dia. No mínimo, 1,5 litro ou 8 copos.
22. Leve sempre uma barrinha de cereais na bolsa. Quando bater aquela vontade de comer alguma coisa, você já sabe a que recorrer.
23. Ingira legumes todos os dias.
24. Coma pelo menos 2 frutas diariamente.
25. Prefira ameixa, melancia, melão, morango que são menos calóricas.
26. Cuidado com as frutas secas. Por serem desidratadas é fácil ingerir mais calorias com as naturais.
27. Ingira carnes menos calóricas como peixe, frango (peito), peru, patinho, contrafilé.
28. Cuidado com o salmão. Ele apresenta mais calorias do que outros peixes.
29. Retire a pele das aves. Ela contém basicamente gordura.
30. Evite atum e sardinha conservados em óleo. Já existe a versão light.
31. Miúdos e vísceras são ricos em gorduras saturadas. Então, minimize o consumo desses alimentos.
32. Retire a gordura visível das carnes, como por exemplo, a da picanha.
33. Evite alimentos fritos. Dê preferência aos grelhados ou cozidos.
34. Embutidos (mortadela, presunto, salame) devem ser evitados.
35. Enlatados são ricos em sódio; por isso, prefira os alimentos naturais.
36. Manteiga, creme de leite, chantilly, massa podre são ricos em calorias e colesterol. Evite-os.
37. Queijos amarelos (mussarela, provolone, prato, parmesão) devem ser evitados.
38. Dê preferência aos queijos brancos como o de minas, frescal, ricota e cottage.
39. Evite as preparações gratinadas.
40. Dê preferência aos alimentos desnatados como leite e iogurtes.
41. Se não tem boa aceitação ao leite desnatado, fique com o semidesnatado.
42. Evite chocolates, inclusive o diet.
43. Ingira alimentos ricos em fibras como legumes, verduras e frutas.
44. Consuma maçã, pêra, uva com a casca.
45. Pizza prefira as menos calóricas como de escarola, rúcula, mussarela. Mas fique somente na primeira fatia.
46. Tomate seco, por ser conservado em óleo, deve ser evitado.
47. Bebidas alcoólicas são calóricas. Consuma esporadicamente e em pequena quantidade.
48. Uma taça de vinho diariamente faz bem para a saúde. Mas nada adiantará se não tem o hábito da boa alimentação e é sedentário.
49. Em barzinhos evite os petiscos como amendoim, batata frita, castanha de caju, carne seca ou salgadinhos.
50. Evite os fast-food. Os alimentos servidos são normalmente ricos em gorduras.
51. Se não tiver saída, prefira uma unidade de cheeseburguer, refrigerante light e batata frita pequena. Dispense a sobremesa.
52. Em restaurantes por quilo, passe primeiro por todas as opções antes de escolher os alimentos. Isso evitará exageros.
53. Para a sobremesa, prefira frutas da época.
54. Evite sorvetes de massa. Opte pelo picolé de fruta.
55. Em sorveteria por quilo, prefira os sorvetes de frutas. Passe reto pelas coberturas e chantilly.
56. Nunca vá ao supermercado com fome. Vá sempre após uma refeição. Isso evitará pegar balas, chocolates e salgadinhos.
57. Não compre alimentos que devem ser evitados.
58. Compare os rótulos dos alimentos e verifique se os light e diet são menos calóricos. Nem sempre isso é verdade.
59. Nunca acumule a fome. Por isso deixe na geladeira legumes picados (cenoura, pepino, salsão) e gelatina diet. Eles não prejudicarão o seu emagrecimento.
E, por fim, vale essa dica:
60. Movimente-se!! Você não precisa ir à academia! Caminhar 3 vezes por semana pelo bairro, por 40 minutos cada sessão, irá ajudá-lo a ter mais saúde!

Por:
Roberta Stella
Nutricionista formada pela Universidade de São Paulo (USP)

QUALQUER DÚVIDA, ENTRE EM CONTATO E COMENTE.

RAIANY MEGA HAIR

(a melhor forma de mudar o visual)

raianymegahair@gmail.com